sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Três Marias

Três amores
Três beldades
Três dores
Três saudades

Três vezes sofri
Três vezes chorei
Nenhum amor vivi
Dos três que eu encontrei

Eternas intocadas
Contento-me em vê-las
Eternamente amadas
Jamais poderei tê-las
Marias eternizadas
Paixões em forma de estrelas.

P.S.: Este meu eu lírico é homem, galinha, confuso pero (é assim que se escreve?) romântico. =)

terça-feira, 27 de janeiro de 2009


Adorarei, de Moysés Malafaia

Eclesiastes 3
1 Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. 2 Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; 3 Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar; 4 Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar; 5 Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar; 6 Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora; 7 Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; 8 Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.

Ontem

Amiga-prima-sócia-comparsa-irmã-etc. + cachorro-quente de linguiça + brigadeiro com creme de leite beeem gelado de sobremesa + meia barra de Talento (aquele da embalagem verde) pra cada uma + visita à Taíze (como a Julia é liiinda!!!) + estar na Igreja, mesmo que por pouco tempo + cachorro-quente de novo = dia muito gostoso!!!

Obrigada, Queila. Amo você!

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Pêlo no queixo

Tem um maldito pêlo que nasce sempre numa mesma cicatriz no meu queixo. E ele passou o dia inteiro me incomodando, mas não consegui arrancá-lo.
ODEIO PÊLOS! Principalmente este!!!
É só. Precisava reclamar.
Até.

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

"MEU CORAÇÃO NÃO SE CANSA
DE TER ESPERANÇA
DE UM DIA SER TUDO O QUE QUER (...) MEU CORAÇÃO VAGABUNDO
QUER GUARDAR O MUNDO
EM MIM" Caetano Veloso

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Não tô pra ninguém

Leiteiro, cobrador, vizinha, sogra
Pedinte, entregador de pizza, tesmemunha de Jeová
Bombeiro hidráulico, diarista, vendedor de enciclopédia

Hoje não tô pra ninguém!
Só hoje, por favor! Que passei minha vida inteira sem ninguém tá pra mim e não reclamei!

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Sobre o eufemismo romântico

Aos românticos que adoram um eufemismo, vou postar um trecho de "A Moreninha" (Joaquim Manuel de Macedo), o livro que comecei a ler há pouco tempo e que estou amando! Neste trecho fica bem evidente o quão ridículo é essa nova (ou seria antiga?) moda de tentar "amaciar" a realidade. Como está escrito no mesmo livro, muita gente "Não sente o que diz. Faz mais do que isso, pois diz o que não sente.".

"Vocês com seu romantismo a que me não posso acomodar, a chamariam "pálida". Eu, que sou clássico em corpo e alma e que, portanto, dou às coisas o seu verdadeiro nome, a chamarei "amarela".
Malditos românticos, que têm crismado tudo e trocado em seu crismar os nomes que melhor exprimem suas idéias!... O que outrora se chamava, em bom português, moça feia, os reformadores dizem: menina simpática!... O que em uma moça era antigamente desenxabimento, hoje é ao contrário: sublime languidez!... Já não há mais meninas importunas e vaidosas. As que forem, chamam-se agora espirituosas! A escola dos românticos reformou tudo isso, em consideração ao belo sexo.
E eu, apesar dos tratos que dou à minha imaginação, não posso deixar de convencer-me que a minha linda prima é (aqui para nós) amarela e feia como uma convalescente de febres perniciosas."

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Em protesto à violência de Resende, que fez mais uma vítima, D. Xuxu, no último dia 25

Até Quando?

Até quando nós ficaremos calados?
Até quando nós ficaremos?
Até quando nós?
Até quando?
Até.